quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

O Avesso do Avesso do Avesso do Avesso

o lado esquerdo do insustentável. Nossos direitos:

me lembrei, Amilcar, de um projeto magnâmico nosso -quando o CNPQ implantou a obrigatoriedade do Curriculo Lattes e o povão saíu por aí fazendo e participando de Congresso como se vai ao Shopping em liquidação:

"Aspas"

Um Congresso sobre aspas e citação...:)

Mas me ficou aquela aporia do Derrida:

Quem fala quando eu cito?
eu?
o autor?

enfim, nossa grande frustação foi fazer "de um tudo" para emburrecermos e fomos incompetentes ATÉ para isso.






6 comentários:

Amilcar disse...

Que fique registrado aos descrentes que esse congresso foi pensado à sério, e que tinha até bibliografia, é claro que Walter Benjamin, o único que pensaria uam coisa dessas. Aliás, o marcador ainda está no seu livro, esperando a verba do CNPq para o evento, agora internacional. Me lembro que mandei a idéia para minha orientadora por e-mail e ela me respondeu: "estou sem fôlego"!
Nossa vida é uma grande aporia. Não leia-se (ainda) porcaria!

Shlomit Or * Luciana Gama disse...

então. "Edições Gaveta". A gente devia criar um congresso on line para ficar na crista da onda. Talvez seja um bom aproveitamento dessa maravilhoso retorno ao Iluminismo, a Internet!

Amilcar disse...

Congresso on-line é nova. Íamos colocar o CNPq em situação bem difícil, onde colocar isso no Lattes?

Shlomit Or * Luciana Gama disse...

fácil assim como colocamos a bibliografia dos nossos artigos em Revistas Eletrônicas...oras, que o CNPQ rebole um pouquinho...:) é a chance da gente convidar uns feras de fora...eu, por exemplo e vc viaja para Barcelona uns dias antes..;)

Shlomit Or * Luciana Gama disse...

hum...acho que o CNPQ não vai querer ouvir falar meu nome por um bom tempo...:)

ps: eu adoro essa expressão "ouvir falar". já pensou sobre ela?

Amilcar disse...

Eu também estou cheio do CNPq, não são só eles que podem ficar cheios de nós. Em épocas de ensino à distância, eles não podem reclamar de conrgesso virtual. Aliás, a Uneso já tem algo parecido, colocando na internet os eventos deles. Nunca pensei sobre o Ouvir Falar não.